segunda-feira, 13 de junho de 2011

Direção ao Amanhã



Não importa quanto tempo demorepara te encontrar, o destino me disse que o meu coração está preso ao seu e o seu pertence a mim. A linha do destino, cada ponta amarrada no dedo mindinho do outro, sempre se enrolando e esticando, mas nunca se partindo, determinando nosso futuro.
Não me arrependo de ter te conhecido, as brigas que tínhamos no início só dizem que por trás de tudo, nos admirirávamos. Nossos primeiros abraços foram normais para os outros, mas especial para nós, o começo de nossa história. E um dia, eu poderei passar todos os dias ao seu lado, indo sempre em direção ao amanhã.

Um comentário: